28 abril 2011

Overdose

2 comentários:
Eu estive envenenada, eu sei. E não era desse tipo de veneno que se compra por aí, era bem pior que isso: Era do tipo que, nasce e cresce, dentro da cabeça da gente e progressivamente cega. Pior tipo de droga que pode existir...
Durante anos, eu vi pessoas que eu amo de coração me deixarem, o mais triste é que não era por querer. A vida separava cada um de pouco em pouco, levando para essa camada ou para outra. Familia, amigos e irmãos de coração... tive de aprender a dizer adeus a toda forma de apego. Só nunca quis deixar que nenhuma dessas pessoas, levassem consigo o amor que eu tenho por elas até hoje.